Um pouco sobre mim


A arte me escolheu, não escolhi a Arte. Vivemos todos num mundo de formas; ela é dotada de leis próprias. É autônoma. Escolhi desconstruir a forma pintando o abstrato e criando nova harmonia de cores.

Comecei com a série "Deus e a Linguagem dos Povos" que tem grande significado para mim porque se trata do nome dado à Deus em diversas línguas, interpretando-as na origem, tendo Ele como inspiração.

A liberdade criativa representa aqui a dissolução da forma original para criar uma nova. Arte é complexidade humana.

A série "Sentimentos" é inspirada na qualidade mais nobre do ser humano tais como: o amor, a bondade, a lealdade, etc e, por fim, a série "Ossos da Terra" também se inspira nas pedras semipreciosas brasileiras.


Formação artística: Curso de desenho e pintura na Sociedade Brasileira de Belas Artes com a professora Rose Assumpção.

Premiações: Dezenas de Troféus, Medalhas de Ouro, Prata, Bronze e Menções Honrosas.